/// Projeto Social

Cálculo de custos de projeto social: Saiba o que considerar antes de fazer o seu

O cálculo de custos de um projeto social representa um grande desafio para muitos profissionais, confira algumas dicas que podem lhe ajudar.

Data de Publicação: 20/08/2020

A gente sabe que o cálculo de custos de um projeto social representa um grande desafio para os profissionais da área. Por isso, precisa ser feito com atenção. Afinal, é a partir dele que você conhecerá o montante necessário para ir em busca de apoiadores.

Em primeiro lugar, vale destacar que são diversos custos envolvidos — tudo vai depender das características de cada iniciativa. Entretanto, de maneira geral, há algumas dicas que podem ajudar. Confira este post e saiba quais são elas!

Como fazer o cálculo de custos de projeto social?

Já dissemos que o orçamento de um projeto social deve ser elaborado com cautela. Afinal, ele é importantíssimo para executar suas ideias de maneira adequada e evitar imprevistos.

Ninguém gostaria de interromper uma ação antes da hora por falta de recursos ou ter problemas durante a prestação de contas, não é? Nesse caso, algumas atitudes são positivas para fazer o cálculo com mais precisão:

  • Analise o escopo do projeto com atenção: observe as atividades envolvidas, número médio de pessoas atendidas, entre outros dados, para definir os fornecedores e valores;
  • Avalie a duração de cada item: alguns custos serão recorrentes ao longo de todo o projeto, como salário de profissionais, aluguel de espaço etc. Já outros devem ser calculados por diária — analise cada caso para fazer o cálculo corretamente;
  • Organize as informações: inclua todos os recursos necessários em uma planilha orçamentária ou plataforma para gerenciamento financeiro para ter mais controle e evitar falhas no processo. Você pode dividir essas informações em tópicos como: "pré-produção”, "produção", "divulgação", "custos administrativos, "impostos", entre outros.
  • Faça cotações: pesquise os fornecedores e solicite orçamento em mais de um local para descobrir valores atualizados de todos os itens do projeto.

Quais os principais custos para incluir no cálculo?

Como diversos custos estão envolvidos no cálculo de um projeto social, é complexo falar sobre todos eles aqui. Por isso, mostraremos a seguir quais são os principais. Veja!

Capital humano

Não dá para realizar um projeto social sem pessoas! Ainda que você conte com voluntários, vai precisar contratar alguns profissionais.

A quantidade de colaboradores e os cargos variam de acordo com o estilo do projeto. Em um trabalho voltado à educação, por exemplo, pode ser necessário admitir professores, educadores e monitores. Outras funções importantes são:

  • Coordenador de projeto;
  • Assistentes;
  • Equipe de produção;
  • Profissionais para captação de recursos;
  • Atendimento e comunicação;
  • Entre outras.

Não se esqueça de incluir os custos com transporte e alimentação — tanto da equipe contratada quanto dos voluntários.

Contratação de fornecedores

Você sabe que há muitos prestadores de serviços dedicados a auxiliar na produção de um projeto social — agência de publicidade, empresa de logística e TI, entre outras.

Por exemplo: os fornecedores de tecnologia são indispensáveis para montar uma infraestrutura em nuvem , elaborar site e apps que contribuem para a divulgação do projeto e criar sistemas de cadastro para participantes, voluntários ou patrocinadores.

Encargos e tributos

Ao fazer a contratação de pessoas ou fornecedores, é fundamental lembrar dos encargos e tributos com alíquotas variáveis, cobrados de acordo com a modalidade do contrato.

Dica: levante os impostos envolvidos para incluir na planilha orçamentária e não ter problemas com isso no futuro.

Recursos materiais

Dentro dos recursos materiais estão todos os itens de que a organização precisa para a concretização do projeto. Alguns exemplos são:

  • Aluguel de espaço;
  • Compra ou aluguel de mobiliário;
  • Compra ou aluguel de equipamentos;
  • Uniformes ou camisetas personalizadas;
  • Material de produção, como itens de escritório, crachás, livros e brindes;
  • Material de limpeza;
  • Alimentação;
  • Custos com internet;
  • Registro de domínio e criação de site;
  • Materiais para divulgação online e offline, como banners, panfletos e e-mail marketing.

E então, descobriu o que levar em conta no cálculo de custos de um projeto social? Lembre-se de que cada iniciativa é única, por isso, eles podem variar um pouco. Ao fazer uma estimativa de valores, pesquise bem para obter preços atualizados e ter um resultado mais preciso.

Com amplo know-how em sua área, a Codebit atua com o fornecimento de tecnologia para projetos sociais. Sim, nós podemos contribuir para a concretização da sua ideia. Entre em contato!

Envelope fechado

Assine nossa Newsletter

Receba nossos conteúdos