/// Cloud Computing

Saiba mais sobre o armazenamento e a segurança dos dados de saúde na cloud

É essencial que as organizações públicas e privadas direcionadas à saúde utilizem a tecnologia a seu favor para assegurarem a segurança de todos os dados e informações.

Data de Publicação: 22/10/2021

A chegada da pandemia evidenciou a urgência da transformação digital nas instituições de saúde. Afinal, junto com a explosão de casos de COVID-19, surgiram novas demandas, não só dos pacientes, mas também dos profissionais, que tiveram que apostar nos processos tecnológicos para garantirem um atendimento de qualidade em meio à crise provocada por uma doença altamente contagiosa.

Paralelamente à necessidade, as ameaças digitais também se intensificaram e as entidades precisaram buscar novas soluções de segurança para minimizar possíveis erros, visto que o setor se tornou um dos maiores alvos dos hackers.

É evidente que essas e tantas outras questões contribuíram significativamente para que os hospitais repensassem os seus modelos, implementassem uma cultura de segurança de dados e passassem a investir em ações com objetivo de proteger as informações da instituição.

Por isso, neste momento, é essencial que as organizações públicas e privadas direcionadas à saúde utilizem a tecnologia a seu favor para assegurarem a segurança de todos os dados e informações que manuseiam.

 

Por que o armazenamento em nuvem é fundamental para o setor da saúde

O setor de saúde é responsável pela produção e gerenciamento de um enorme volume de dados, afinal, são eles que auxiliam os profissionais e gestores a oferecer um atendimento completo aos pacientes.

Seguindo a lógica da evolução tecnológica, esses dados podem ser armazenados de três maneiras mais comuns:

Arquivo físico

Tradicional e extremamente conservador, o arquivo físico concentra vários documentos impressos, que são armazenados e catalogados por categorias e prazos de guarda. Além do grande volume de papel produzido, esse formato não promove praticidade, sustentabilidade e, muito menos, segurança.

Servidores internos

Menos ultrapassados que os arquivos físicos, os servidores internos surgiram junto com a digitalização e descomplicaram significativamente a organização dos processos, assim como o acesso e as consultas às informações. De fato, quando armazenados em servidores físicos, os dados promovem maior economia e produtividade, mas ainda assim, podem ser perdidos, sequestrados e extraviados em ataques hackers.

Armazenamento em nuvem

Tida como a solução mais moderna e segura, o armazenamento em nuvem consiste em um modelo em que todos os dados e informações são mantidos e gerenciados em servidores externos, armazenados em backups e disponibilizados por uma rede.

Dessa forma, ao adotar o cloud computing, uma instituição de saúde permite que os seus dados sejam arquivados e compartilhados por meio da internet. Além disso, a tecnologia também conta com configurações de privacidade, sendo que, esse recurso integra arquivamentos e resguarda todos os dados sensíveis dos pacientes.

 

Os maiores benefícios do armazenamento em nuvem

1. Mais eficiência

O cloud computing descomplica e desburocratiza inúmeros processos. Dessa forma, os profissionais podem se dedicar àquilo que mais importa: atender os pacientes com qualidade e atenção.

Devido à acessibilidade facilitada das informações, o tempo gasto na busca de arquivos é reduzido consideravelmente. Afinal, quando o prontuário é disponibilizado ao médico em qualquer aparelho conectado à internet, o atendimento ganha mais profissionalismo e otimização.

2. Segurança

Como mencionado anteriormente, os documentos armazenados em artigos físicos são fáceis de serem perdidos ou corrompidos.

Nesse contexto, o cloud computing é um dos formatos mais seguros para o arquivamento de dados e informações relevantes.

3. Integração

A computação em nuvem permite que os profissionais tenham informações precisas em mãos, de maneira rápida e totalmente integrada. Assim, agilizando e aperfeiçoando o atendimento, toda a equipe pode ter acesso aos dados dos pacientes como histórico, agendamentos e receitas apenas com poucos cliques.

4. Redução de custos

Com investimento relativamente baixo, justamente por não demandar a aquisição de novos equipamentos, os serviços de nuvem são oferecidos de acordo com a necessidade de cada empresa, justamente para evitar prejuízos.

Além disso, o custo operacional é bem menor do que a compra de máquinas robustas e que, na maioria dos casos, são subaproveitadas e exigem reparos e manutenções frequentes.

5. Maior capacidade de armazenamento

Um dos maiores desafios enfrentados pelas clínicas e hospitais é justamente o gerenciamento de documentos eletrônicos e o armazenamento de arquivos pesados, em especial aqueles que contam com imagens. Isso porque, até pouco tempo atrás, a acessibilidade desses materiais era precária, e os profissionais perdiam muito tempo para acessá-los.

Graças à flexibilidade da computação em nuvem, não existe mais limitação de espaço e toda a demanda pode ser atendida com total eficiência.

6. Flexibilidade no atendimento médico

Antigamente, os médicos só conseguiam tirar as dúvidas e fazer o atendimento dos pacientes se estivessem nas dependências da clínica ou se carregassem os prontuários por onde fossem.

Com o avanço da tecnologia e a difusão da computação em nuvem, os profissionais podem acessar os dados onde e como quiserem, dependendo apenas de uma conexão com a internet.

Sem dúvidas, a nuvem é uma excelente solução para flexibilizar o atendimento médico e tornar a realização de algumas tarefas muito mais ágil.

Agora que você já conhece os principais benefícios do cloud computing no mercado de saúde, que tal digitalizar e otimizar os seus processos com essa ferramenta revolucionária?

Entre em contato com o time de especialistas da Codebit e confira todas as soluções disponíveis para atender à sua demanda.

No mais, continue de olho no Codeblog. Em breve, teremos muitas novidades por aqui.

Um grande abraço e até o próximo post!

Envelope fechado

Assine nossa Newsletter

Receba nossos conteúdos