/// Tecnologia

A tecnologia como aliada do meio ambiente

Como a tecnologia pode auxiliar na conservação do meio ambiente? Confira os principais benefícios.

Data de Publicação: 19/07/2021

Desastres, catástrofes e degradações, as notícias negativas sobre os impactos ambientais se tornam mais frequentes a cada dia. As informações que recebemos a respeito da deterioração do ecossistema são, na maior parte das vezes, motivadas pelo consumo desenfreado, pela alta produção de lixo e por uma sociedade que adota um estilo de vida que não preza pela preservação do planeta.

Como tentativa de frear as calamidades ambientais, inúmeros projetos foram implementados para garantir a conservação dos ecossistemas. Se na teoria as propostas pareciam funcionar, na prática, a maioria delas não ocorreu como deveria. O resultado final? Bem, o planeta continuou sentindo os impactos devastadores dos governos displicentes e de suas populações passivas.

Em contrapartida, os avanços tecnológicos alcançaram níveis jamais imaginados e começaram a oferecer funcionalidades capazes de otimizar, não só a vida das pessoas, como também, o meio ambiente de forma geral.

Portanto, para mostrar que ainda há esperança, mesmo em meio à tanta fumaça, nós, da equipe do CodeBlog, listamos quatro soluções tecnológicas que, além de muito eficientes para otimizar as atividades corporativas, pessoais e sociais, ainda podem influenciar positivamente na preservação do meio ambiente e na redução dos impactos já existentes. Siga com a gente e confira:

 

1- Energia solar

Cada vez mais acessíveis, tudo indica que logo os painéis solares irão se popularizar para contribuir ainda mais com a preservação do meio ambiente. Tida como uma das mais eficientes tecnologias sustentáveis, a energia solar é fonte de inúmeros estudos que procuram formas de viabilizar a sua utilização na maioria das residências do planeta. Inclusive, diversas empresas já se orgulham de operar com energia integralmente gerada pela luz solar, como, por exemplo, as gigantes da tecnologia Apple, Google e nós (CodeBit).

2. Internet das Coisas

Também conhecida pela siga IoT, a Internet das Coisas representa o início de uma nova era digital.

Basicamente, o conceito consiste na conexão de objetos à internet, como máquinas e softwares capazes de se conectarem entre si e com usuários, através de sensores inteligentes. Com a capacidade de transmitir dados diretamente de uma máquina para outra, a solução integra a revolução da comunicação por meio das redes.

Entre as inúmeras vantagens ambientais, destacam-se a economia de recursos, a matéria-prima e a energia, além da incontestável contribuição para um planeta mais inteligente e responsivo.

3. Carros elétricos

Além de não emitirem gases poluentes, os carros elétricos também reduzem a poluição sonora e solucionam um problema recorrente nas grandes cidades.

Outro fator positivo dos automóveis é que a degradação do solo em busca de petróleo é totalmente descartada, visto que eles não dependem de combustíveis fósseis.

Como não trabalham com componentes mecânicos, essa categoria de veículos também dispensa a utilização de fluidos para motor, freios, direção e embreagem. Assim, menos substâncias são descartadas na natureza.

Outra opção semelhante e igualmente inovadora na tecnologia sustentável são os carros híbridos, que utilizam um combustível fóssil ou renovável em conjunto ao motor elétrico.

4. Cloud sustentável

Por fim, mas não menos importante, a computação em nuvem é uma das tecnologias que alcançam praticamente todas as atividades de uma sociedade, principalmente as corporativas e comerciais. E é exatamente a demanda, grande e frequente, que permite que a cloud se torne uma das responsáveis pela possível criação de uma cadeia end-to-end mais sustentável — ou, em outras palavras, a implementação de um conjunto de processos empresariais e sociais, pautados na redução dos impactos ambientais de ponta a ponta.

De fato, um dos maiores diferenciais da computação em nuvem é a sua capacidade de diminuir a emissão de gases poluentes, como o CO2. Por isso, as empresas, ao transferirem suas infraestruturas de TI para um serviço de cloud, passam a adotar um modelo que usa menos hardware e mais software na sua operação.

Além disso, um detalhe importante é que não se trata de transferir esse impacto para o servidor do fornecedor. Afinal, a solução possibilita a otimização do uso do espaço dos data centers, para minimizar o desperdício de hardware nas empresas como um todo.

 

Confira, a seguir, as 4 maiores vantagens oferecidas pela cloud computer

1.1 Otimização de recursos

Além de todo espaço, outros recursos também são otimizados com a adoção da nuvem. O IaaS – Conceito de Infraestrutura como Serviço é uma ferramenta em que a própria empresa constrói praticamente toda a sua TI, utilizando a cloud como base. Para isso, basta ter acesso à internet.

2.2 Economia de energia

Além de reduzir consideravelmente o consumo energético, a cloud sustentável envolve um grande passo no caminho das energias sustentáveis.

3.3 Diminuição de custos operacionais internos

Tratando-se de uma companhia, ao adotar a cloud, será possível notar a redução nos custos operacionais e no impacto ambiental de suas atividades.

4.4 Armazenamento mais seguro

Sem dúvidas, a segurança proporcionada pela digitalização permite a transferência da gestão de documentos para a nuvem e dispensa a necessidade de salas de arquivo.

No âmbito ambiental, é uma moeda valiosa, já que reduz a circulação de papel impresso e, consequentemente, o volume de lixo produzido.

 

Enfim, gostou de saber mais sobre como a tecnologia pode ser uma grande aliada do meio ambiente? Se você deseja garantir soluções eficientes para otimizar os processos da sua organização e ainda contribuir para a redução dos impactos ambientais, acesse o site da CodeBit e confira todas as soluções oferecidas pelo nosso time de especialistas. No mais, continue de olho no CodeBlog. Em breve, teremos muitas novidades por aqui.

Um grande abraço!

Envelope fechado

Assine nossa Newsletter

Receba nossos conteúdos